Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude

Departamento de Comunicação   03/07/2019 | 08h19

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA "DOUCEUR ILLUSTRÉE", DE DÉBORA HOLTZ, TERÁ HORÁRIO ESPECIAL DURANTE OS DIAS DA "FEIRA DO DOCE"

A exposição foi idealizada com o intuito de salvaguardar a importância do título de Terra dos Doces Caseiros, atribuído a Tatuí.

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA

De 6 a 9/07 (de sábado a terça-feira), período em que ocorrerá a tradicional “Feira do Doce” em Tatuí, a exposição fotográfica "Douceur Illustrée" (Doçura Ilustrada), de Débora Holtz, que está sendo realizada no Museu Histórico "Paulo Setúbal", equipamento de Cultura da Prefeitura de Tatuí, em parceria com a Unimed, e com o apoio cultural da Associação dos Produtores de Doces de Tatuí (Aprodoce), terá seu horário de visitação alterado.

Durante os quatro dias da “Feira do Doce”, os interessados em visitar a exposição fotográfica "Douceur Illustrée" poderão fazê-lo das 9h às 18h. Após o término da “Feira do Doce”, a exposição continuará disponível para visitação até o dia 21 de julho, de terça-feira a domingo, das 9h às 17h.

O Museu Histórico "Paulo Setúbal" está situado na Praça Manoel Guedes, nº 98, Centro. Mais informações podem ser obtidas no Setor de Agendamento, pelo telefone (15) 3251-4969, ou pelo e-mail museupaulosetubal@tatui.sp.gov.br.

A exposição - A exposição foi idealizada com o intuito de salvaguardar a importância do título de Terra dos Doces Caseiros, atribuído a Tatuí. Os doces caseiros do município se tornaram referência por volta de 1952, quando Dona Belarmina de Campos Oliveira passou a fazê-los em sua residência, utilizando uma modesta cozinha.

Com a ideia de aproveitar as frutas mais comuns, transformando-as em gostosas sobremesas, a produção foi crescendo gradualmente, e passaram a surgir solicitação de encomendas de diversas partes de Tatuí e região. Eram encomendas para festas de batizados, casamentos e aniversários, e foi dessa maneira que, sem o uso de ingredientes químicos, aproveitando apenas as frutas de consumo popular, ficaram famosas as caixinhas de doce ABC (abóbora, batata e cidra).

O mesmo aconteceu com os "pingos doces", que passaram a ser procurados por pessoas vindas de diversas cidades da região, e até mesmo da capital paulista e de outros estados. Dona Belarmina passou a ser conhecida como a "pioneira do doce caseiro".

A consolidação da tradição dos doces caseiros fez com que a exposição se materializasse, visto a necessidade que a fotógrafa sentiu de registrar imagens dos doces que seriam expostos pelos doceiros participantes da Feira do Doce de Tatuí em 2017, e que foram utilizados, em sua grande parte, para a divulgação do evento.

Desde então, Débora Holtz passou a visitar os produtores de doces que iriam participar da Feira, e sabendo que o resultado de seu trabalho poderia ser melhor, a fotógrafa decidiu pesquisar e estudar sobre fotografia de alimentos, vindo a se especializar no assunto.

Posteriormente, Débora deu início ao projeto "Douceur Illustrée" (Doçura Ilustrada), que consiste em fotografias de doces, inspirando-se em fotografias de alimentos de fotógrafos europeus, principalmente franceses, cujos trabalhos fotográficos são bastante famosos e a fabricação de doces é delicada. A fotógrafa montou um estúdio para fazer composições particulares para cada doce, montando cenários com louças, talheres e flores. Com o sucesso do projeto, Débora Holtz foi convidada a realizar uma exposição de seu trabalho no Museu Histórico "Paulo Setúbal".

A fotógrafa - Débora Holtz é natural de Sorocaba, e mudou-se para Tatuí ainda criança. Apaixonada por fotografia, iniciou seus estudos na área em 2012, no Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (Ceunsp). Especializou-se em fotografia newborn (fotografias de recém-nascidos), experiência que lhe proporcionou ótimos resultados.

Entre 2015 a 2018, trabalhou cobrindo eventos importantes da cidade. Neste período, Débora participou de diversos workshops, entre eles o "De Comer com os Olhos", que despertou o interesse da fotógrafa pela área gastronômica.

Atualmente, Débora Holtz segue carreira autônoma, realizando trabalhos autorais para diversos seguimentos. Suas fotografias estão disponíveis em plataformas digitais, como Instagram e Facebook.

SAÚDE

CARDÁPIO

GIA e SPED

Saúde
Horários Médicos nos Postos de Saúde