Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social

Departamento de Comunicação   22/05/2019 | 10h54

PREFEITA É CERTIFICADA EM SÃO PAULO COM O “PRÊMIO MÁRIO COVAS - PREFEITO EMPREENDEDOR” 2017/2019

PREFEITA É CERTIFICADA EM SÃO PAULO  COM O “PRÊMIO MÁRIO COVAS - PREFEITO EMPREENDEDOR” 2017/2019

    Capacitar para gerar renda. A prefeita Maria José Vieira de Camargo recebeu na terça-feira (21/05), no Memorial da América Latina, em São Paulo, a certificação do “Prêmio Mário Covas - Sebrae Prefeito Empreendedor 2017/2019”, na categoria Políticas Públicas para Desenvolvimento de Pequenos Negócios. O motivo foi a profissionalização da “Feira do Doce”, que passou a ter, entre outras coisas, a formalização dos doceiros, como microempreendedores individuais, inclusive com cursos gratuitos para capacitação.

    Apenas 62 prefeitos, dos 645 municípios paulistas, foram certificados. O ato solene na capital contou a presença da secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen da Silva, representando o governador João Doria; presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles; presidente do Sebrae-SP, Tirso Meirelles; e representantes dos municípios paulistas que foram certificados.

    Profissionalização da Feira do Doce - Quando surgiu, em 2013, a atual Feira do Doce era chamada de “Festa do Doce”, e com a administração da prefeita Maria José, a partir de 2017, deixou de ser um evento local e informal, se transformando em um evento regional, com a formalização de todos os seus participantes. Essa transformação ocorreu com o objetivo de fomentar o empreendedorismo.

    Com a profissionalização da Feira do Doce, a ampliação foi significativa não só dos expositores - que em 2013 eram 20 e em 2018 passaram a ser 51, sendo 100% formalizados - mas, especialmente, do público. Em 2013 a Feira contou com a visita de, aproximadamente, 20 mil pessoas, passando para 90 mil visitantes em 2018, atingindo, portanto, em ambos os casos, um aumento de mais de 100%, além do aumento direto na geração de renda.

    A última edição da “Feira do Doce”, que ocorreu em 2018, movimentou, aproximadamente, R$ 600 mil com a venda de mais de 190 mil doces nos três dias de evento, resultando em um aumento de seis vezes mais, comparado com a primeira edição do evento, que ocorreu em 2013, ainda com o nome “Festa do Doce".

SAÚDE

CARDÁPIO

GIA e SPED

Saúde
Horários Médicos nos Postos de Saúde