Secretaria de Segurança Pública e Mobilidade Urbana

Departamento de Comunicação   02/04/2019 | 11h10

EM DOIS DIAS SEGUIDOS, GCM DETÉM TRÊS ACUSADOS DE TRÁFICO DE ENTORPECENTES

Com o auxílio do cão farejador Tom, os guardas encontraram, EM área verde, próxima à casa do suspeito de tráfico, mais 385 pedras de crack e 30 porções de cocaína, que estavam escondidas em meio a algumas bananeiras.

EM DOIS DIAS SEGUIDOS, GCM DETÉM TRÊS ACUSADOS DE TRÁFICO DE ENTORPECENTES

 A Guarda Civil Municipal de Tatuí prendeu três pessoas suspeitas de tráfico de entorpecentes entre os dias 27 e 28/03. Um homem foi preso no bairro Jardim Tomás Guedes e um casal foi detido na Vila Angélica.

            O primeiro caso ocorreu durante um patrulhamento pela rua Francisco Campos Soares, no Bairro Tomás Guedes, na tarde desta quarta-feira (27/03), quando os guardas municipais avistaram um homem parado em uma esquina. Ao ver a viatura, ele se retirou do local. A equipe desconfiou do comportamento do homem e realizou a abordagem.

            Os guardas já haviam recebido duas denúncias de que o homem traficava pelo bairro e que escondia os entorpecentes em sua residência e em uma área verde, próxima da casa do suspeito. Durante a revista pessoal, foram encontradas duas pedras de crack.

            Com a autorização da mãe do acusado, foram feitas buscas em sua residência, e no telhado foi encontrada uma sacola plástica, com 86 pedras de crack. Questionado, o homem assumiu que era o proprietário dos entorpecentes, e com o auxílio do cão farejador Tom, os guardas encontraram, na área verde, próxima à casa do homem, mais 385 pedras de crack e 30 porções de cocaína, que estavam escondidas em meio a algumas bananeiras.

            O homem, que já tinha três passagens por tráfico de entorpecentes, foi levado até o Pronto Socorro e depois para a Central de Flagrantes, onde permaneceu à disposição da Justiça.

            Já o segundo caso aconteceu na noite desta quinta-feira (28/03), na Vila Angélica, quando os guardas municipais prenderam um casal, acusado de tráfico de entorpecentes, posse ilegal de arma e danos ao patrimônio público.

            Durante um patrulhamento da ROMU pela rua Izaltino Campos Vieira, na Vila Angélica, a equipe foi informada por um morador que naquela rua havia um casal vendendo entorpecentes. O morador informou aos guardas que a mulher estava usando uma blusa vermelha e o homem uma blusa cinza, e com base nessas características, a equipe conseguiu localizar o casal.

            Ao avistarem a viatura e perceberem que seriam abordados, o homem arremessou algo no telhado de uma casa. Percebendo a ação do suspeito, os guardas verificaram que ele havia arremessado seis porções de cocaína, do tipo aricanduva, e com a mulher foi encontrado o valor de R$ 5,00.

            Já na residência do casal, onde a própria mãe do acusado possibilitou a entrada da equipe, foram encontrados, no quarto do casal, mais R$ 5,00 e uma pistola Imbel carregada.

            Ambos foram encaminhados para a Delegacia, onde foi elaborado um Boletim de Ocorrência por tráfico de entorpecentes, posse ilegal de arma e danos ao patrimônio público, e permaneceram à disposição da Justiça.

 

SAÚDE

CARDÁPIO

GIA e SPED

Saúde
Horários Médicos nos Postos de Saúde