Secretaria de Educação

Departamento de Comunicação   16/01/2019 | 16h43

CÂMERAS E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA JÁ SÃO INSTALADOS EM UNIDADES ESCOLARES

Creche do Jardim Manoel de Abreu já está sendo monitorada por câmeras e outros equipamentos.

CÂMERAS E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA  JÁ SÃO INSTALADOS EM UNIDADES ESCOLARES

A Prefeitura de Tatuí está investindo R$ 1,5 milhão para monitorar com câmeras e outros equipamentos 65 prédios escolares. Serão mais de 800 pontos de monitoramento, cuja central já funciona - em forma de testes - na Guarda Civil Municipal. As primeiras unidades que estão recebendo os equipamentos são creches e pré-escolas, onde estão crianças de 0 a 5 anos.

Na segunda-feira (14/01), o "kit de monitoramento" começou a ser instalado na EMEI "Maria Estrela Abreu", no Jardim Manoel de Abreu, que atende 160 crianças. As próximas creches onde serão instalados os equipamentos: Jardim Lírio (105 crianças) e Valinho (145 crianças). A seguir, devem ser atendidas as unidades do São Lázaro (pré-escola) e Tanquinho (creche).

Com recursos próprios, as primeiras unidades que receberam os kits de segurança, ainda em 2018, foram a do Parque San Raphael - EMEI Maria de Lourdes Rosa Bueno, que atende 168 crianças - e do Jardim Rosa Garcia, na EMEI Winie Sarli Fitts, que atende 130 crianças. No início deste ano, já através da aquisição dos equipamentos por licitação pública, a EMEI "Vera Fonseca Sinisgalli", no CDHU "Orlando Lisboa de Almeida", que atende 160 crianças.

Em 2018, 25 unidades escolares foram vítimas de roubos, nos fins de semana. Algumas delas, como no Parque São Raphael, foram 4 vezes.

Novo sistema é mais moderno e vantajoso economicamente - Durante cerca de 18 meses, entre 2015 e 2016, na gestão passada, funcionou um sistema de monitoramento de prédios escolares contratado, na forma de aluguel dos equipamentos. O preço pago era de R$ 404 mil por mês e, ao longo de 18 meses, foram pagos R$ 7,2 milhões a uma empresa particular, que ao encerrar o contrato com o Município, fez a retirada de todo o equipamento.

Esse assunto gerou polêmica e a administração anterior foi investigada por uma CEI (Comissão Especial de Investigação), instalada na Câmara Municipal de Tatuí. Os relatórios produzidos por esta CEI foram encaminhados à época para o GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo) e ao Ministério Público Estadual.

Em 2017, já na nova gestão, foi realizada a licitação pública para a compra dos equipamentos. Foram vencedores da licitação sete empresas, com 29 itens de compra (cabos, alarmes, sensores, etc). O valor total da aquisição é de R$ 1,5 milhão com a vantagem que todo o equipamento é HD (Hight Definition) - o anterior era analógico - e será parte integrante do patrimônio público municipal.

 

SAÚDE

CARDÁPIO

GIA e SPED

Saúde
Horários Médicos nos Postos de Saúde