Secretaria de Saúde

Departamento de Comunicação   09/01/2019 | 10h09

SECRETARIA DE SAÚDE ALERTA PARA OS CUIDADOS COM O MOSQUITO AEDES AEGYPTI NESTE PERÍODO CHUVOSO E QUENTE

Prefeitura realiza trabalho período de vistorias nos cemitérios para combater o mosquito da dengue.

SECRETARIA DE SAÚDE ALERTA PARA OS CUIDADOS COM O MOSQUITO AEDES AEGYPTI NESTE PERÍODO CHUVOSO E QUENTE

O calor excessivo e as chuvas constantes desse período do ano são propícios para a reprodução do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como a Dengue, Zika e Chikungunya, já que o número de locais favoráveis a criação de focos aumenta.

Por isso, o Setor de Combate à Dengue, da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Tatuí, exerce rotineiramente o trabalho de orientação, prevenção e fiscalização das residências, no entanto, precisa que a população faça a sua parte.

"Esse é o momento em que todos devem ter maior atenção e intensificar os esforços para não deixar a larva do mosquito nascer. Além dos cuidados, como não deixar água limpa e parada nos vasos de plantas, é preciso verificar melhor as residências, apoiando o trabalho dos agentes de endemias. Prevenção não custa nada e não provoca efeito colateral!", explica a coordenadora do Setor de Combate à Dengue, Rosana Alves dos Santos Lopes. Ela acrescenta outras atitudes simples contra o mosquito: evitar usar pratinhos em plantas, manter caixas d'água bem tampadas, manter piscinas devidamente tratadas e cloradas, verificar sempre os ralos, lavar diariamente bebedouros de animais, manter calhas limpas e livre de folhas, além de manter o quintal bem organizado de forma a não deixar recipientes que possam acumular água de chuva, vistoriando-o semanalmente.

Mesmo tomando essas precauções, se o Setor de Combate à Dengue encontrar o foco do mosquito na residência, o morador é orientado quanto a eliminação do mesmo. Após determinado prazo o agente retorna ao local para verificar os procedimentos e, caso ainda não tenha sido providenciada a eliminação do criadouro, o agente volta com a Vigilância Sanitária para que seja aplicada uma multa.

Nestes primeiros dias de 2019 não foram registrados pela Prefeitura de Tatuí casos confirmados das doenças. Quanto ao ano passado (2018), os registros são de 3 casos importados (contraídos fora do município) de Dengue; 3 casos de Chikungunya, sendo 1 importado e 2 autóctones (contraídos no município); e nenhum caso de Zika.

Sintomas das doenças e procedimentos

Dengue - Febre alta, dores nas articulações, manchas avermelhadas pelo corpo, dor atrás dos olhos. Na forma hemorrágica da doença ocorrem sangramentos e dores abdominais intensas. Sempre que apresentar os sintomas a pessoa deve procurar uma Unidade de Saúde mais próxima da sua residência e nunca se automedicar.

Zika - Estado febril, edema ocular (olhos avermelhados), dores leves nas articulações, manchas vermelhas na pele. Sempre que apresentar os sintomas a pessoa deve procurar uma Unidade de Saúde mais próxima da sua residência e nunca se automedicar.

Chikungunya - Febre alta de início rápido, dores intensas nas articulações, principalmente nos pés e mãos, dores de cabeça, dores nos músculos e manchas avermelhadas na pele. Sempre que apresentar os sintomas a pessoa deve procurar uma Unidade de Saúde mais próxima da sua residência e nunca se automedicar.

SAÚDE

Saúde
Médicos nos Postos de Saúde

Horários:

Cardápio



GIA e SPED