Secretaria de Governo

Departamento de Comunicação   03/01/2019 | 10h59

ADMINISTRAÇÃO DO CEMITÉRIO CRISTO REI TOMA PROVIDÊNCIAS SOBRE O SUMIÇO DE PUXADORES DE TÚMULOS

54 alças de puxadores de cobre seriam usadas para a venda a R$ 5,00 o quilo.

 ADMINISTRAÇÃO DO CEMITÉRIO  CRISTO REI TOMA PROVIDÊNCIAS SOBRE   O SUMIÇO DE PUXADORES DE TÚMULOS

Em meados do mês de dezembro a administração do Cemitério Municipal Cristo Rei, situado na Avenida Cônego João Clímaco, recebeu diversas reclamações sobre o sumiço de puxadores de cobre dos túmulos.

Preocupado com a situação, o administrador do cemitério Antônio Carlos Oliveira Caetano, realizou um relatório minucioso de quantos puxadores haviam sido subtraídos dos túmulos de várias famílias, no caso, 86 puxadores, e registrou, na Delegacia de Polícia de Tatuí, o Boletim de Ocorrência nº 4960/2018.

"Demos início a um trabalho coletivo de vigília entre os funcionários, que observavam toda e qualquer movimentação estranha. Graças ao empenho da nossa equipe, na tarde desta quarta-feira (26/12), um funcionário avistou um suspeito e chamou a Polícia Militar, que prendeu o homem em flagrante", ressalta o administrador Antônio Carlos.

De acordo com o Boletim de Ocorrência nº 5030/2018 o indiciado foi pego puxando uma alça de cima de um túmulo e, ao ver os policiais, ele deixou um balde na lateral de um túmulo e correu até o final do cemitério, tentando pular o muro para fugir, mas foi detido. Com ele estavam 54 alças de puxadores de cobre que, segundo o acusado, seriam usadas para macumba e para a venda a R$ 5,00 o quilo. O meliante segue a disposição da Justiça.

SAÚDE

Saúde
Médicos nos Postos de Saúde

Horários:

Cardápio



GIA e SPED