Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude

Departamento de Comunicação   26/12/2018 | 14h44

BIBLIOTECA MUNICIPAL RECEBE APRESENTAÇÃO E DOAÇÃO DO PROJETO "BENÊ, O FLAUTISTA"

Ensaio Aberto do Projeto "Benê, o Flautista", reuniu Paulo Flores e Noel Santos na Biblioteca Municipal.

BIBLIOTECA MUNICIPAL RECEBE APRESENTAÇÃO  E DOAÇÃO DO PROJETO

A Biblioteca Municipal "Brigadeiro Jordão", equipamento de Cultura da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude da Prefeitura de Tatuí, recebeu, na última sexta-feira (21/12), a apresentação do Ensaio Aberto do Projeto "Benê, o Flautista", com Paulo Flores e Noel Santos.

Durante o evento os músicos apresentaram algumas das músicas que compõem o projeto e fizeram a doação de um box do projeto para a Biblioteca Municipal.

O Projeto "Benê, o Flautista", é uma trilogia musical com obras de Benedito Lacerda, sendo composto por um box com 4 CD's e 1 livro com 89 páginas. O primeiro CD tem Benedito Lacerda como solista, partindo de 1930; o segundo CD tem a dupla Benedito Lacerda e Pixinguinha, partindo de 1946; o terceiro e quarto CD's têm os enfoques de Benedito Carnavalesco, compositor de sambas, valsas, canções e acompanhantes com seu primoroso Regional e interpretações de Almirante, Francisco Alves, Mário Reis, Carmen Miranda, Silvio Caldas, Orlando Silva, Carlos Galhardo, Aracy de Almeida, Gilberto Alves, Nestor do Amaral, Paulo Tapajós, Deo, Moraes Neto, Onéssimo Gomes e Grupos de Chorões. O Projeto foi contemplado, em 2004, pelo Programa Petrobrás Cultural e lançado em 2007.

Paulo Flores - Nascido na cidade de Paulicéia, interior de São Paulo, iniciou os estudos aos 12 anos de idade como autodidata de violão. Em 1975 ingressou no Centro Livre de Aprendizagem Musical Ltda (CLAM), a escola do Zimbo Trio, para estudar piano popular, harmonia e improvisação. No mesmo ano, também entrou na Faculdade de Artes Alcântara Machado para cursar flauta, composição e regência, graduando-se como Bacharel em Música.

Em 1981, através do maestro João Carlos Martins, começou a lecionar Flauta no Conservatório de Tatuí e, em 1984, ano em que fixou moradia na Cidade da Música, criou a Orquestra de Câmera do Conservatório, a qual regeu até 1986. Ele também criou o Circuito Cultural, em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, que se transformou nas Oficinas Culturais.

Flautista, compositor, arranjador, pesquisador, cronista, poeta, ilustrador e produtor musical criou trilhas, jingles e vinhetas para rádio, TV, vídeo e cinema. Paulo transita com suas composições por várias formações, do popular ao erudito, e já foi premiado em vários festivais: MPB Londrina 2000; Avaré 2001; Londrina 2001; Avaré 2002; e Havana, Cuba - 2002, no Prêmio Sgae de Jazz Latino.

 

SAÚDE

Saúde
Horários Médicos nos Postos de Saúde




Cardápio



GIA e SPED