Secretaria de Educação

Departamento de Comunicação   27/08/2018 | 15h36

ALUNOS DO PROGRAMA FUTURO CIENTISTA PARTICIPAM DE PRIMEIRA AVALIAÇÃO DOS PROJETOS DESTE ANO

Exposição de projetos científicos foi realizada pelos alunos do Ensino Fundamental participantes do Programa Futuro Cientista.

ALUNOS DO PROGRAMA FUTURO CIENTISTA PARTICIPAM DE PRIMEIRA   AVALIAÇÃO DOS PROJETOS DESTE ANO

Na sexta-feira (24/08) o auditório do Núcleo de Educação Básica Municipal "Ayrton Senna da Silva" (Nebam) foi palco de uma exposição de projetos científicos, realizada pelos alunos do Ensino Fundamental participantes do Programa Futuro Cientista, fruto de um convênio entre a Prefeitura de Tatuí e a UfsCar (Universidade Federal de São Carlos), campus Sorocaba.

Os alunos das quatro Escolas Municipais de Ensino Fundamental participantes do programa na cidade - Núcleo de Educação Básica Municipal "Ayrton Senna da Silva" (Nebam), EMEF "Prof. Alan Alves de Araújo", EMEF "Profª. Ligia Vieira de Camargo Del Fiol" e EMEF "Profª Maria Helena Machado" -, estavam reunidos para apresentar seus projetos e serem avaliados pelo diretor do programa, Fábio de Lima Leite.

Segundo o diretor do programa as avaliações são feitas em três etapas, começando por essa avaliação inicial realizada logo nos primeiros 30 dias de desenvolvimento do projeto. "Nesta etapa os alunos me apresentam o projeto na forma mais preliminar possível. Eu avalio e lanço um desafio para eles desenvolverem nos próximos dois meses", contou Fábio. Na segunda etapa, que será no final do ano, os projetos deverão estar melhores e os desafios lançados na etapa anterior concluídos e avaliados novamente pelo diretor, para então serem levados para o Encontro Regional do Programa Futuro Cientista. Nesse Encontro Regional, que acontecerá em fevereiro de 2019 na sede da UfsCar Sorocaba, os alunos concorrerão com os trabalhos de outras cidades.

A classificação dos alunos é feita da seguinte forma: um ganhador em cada escola do município, um ganhador de cada cidade participante e um ganhador regional do Programa Futuro Cientista, sendo que todos os trabalhos ganham prêmios. "Para o melhor de cada escola e o melhor da cidade há medalhas e certificados de honra ao mérito e para o melhor do Programa Futuro Cientista, só um projeto, ganha uma viagem para algum museu, lugar científico ou uma grande feira de ciências", mencionou Fábio.

No ano de 2017 os alunos da EMEF "Profª. Ligia Vieira de Camargo Del Fiol" ganharam o prêmio na categoria Biológicas, com o projeto "Doutor Relógio". O trabalho dos alunos Ana Beatriz, Kauany, Luma, Guilherme e Vinícius era um relógio para deficientes visuais e auditivos e idosos com problema de memória. No relógio havia quatro compartimentos para colocar remédios, e cada qual tinha uma função específica de luzes, músicas e nomes em braile, e, para cada remédio era acionada uma luz e uma música diferentes. Sendo assim, o relógio auxiliaria as pessoas a tomarem o remédio certo na hora certa.

Para a aluna Ana Beatriz Machado, ganhar um prêmio no primeiro ano em que estava participando do programa foi legal, diferente e estimulante. "Eu ganhei uma medalha e uma viagem. Ganhar foi muito legal e diferente. Participar do projeto tem nos ajudado a aprender ciências e eu acredito que o programa está sendo muito bom para a nossa escola e todos os alunos estão querendo participar", conta a aluna.

SAÚDE

Saúde
Médicos nos Postos de Saúde

Horários:

Cardápio



GIA e SPED