Secretaria de Saúde

Departamento de Comunicação   13/04/2018 | 15h41

PREFEITURA REALIZA AÇÃO DE CONTROLE DE CARAMUJOS AFRICANOS NO BAIRRO CONGONHAL

Caramujos africanos podem ser prejudiciais para a agricultura e provocar doenças graves.

 PREFEITURA REALIZA AÇÃO DE CONTROLE DE CARAMUJOS AFRICANOS NO BAIRRO CONGONHAL

O Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Tatuí realizou, nos dias 05 e 06 de abril, ações de controle de caramujos africanos - Achatina fulica - no Bairro Congonhal, após serem comunicados por profissionais da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro de um surto desse molusco no local.

De acordo com o visitador sanitário do Centro de Controle de Zoonoses, Samuel Gimenez, foi feita a dedetização na UBS e, também, passada as devidas orientações aos moradores de como agir com os caramujos africanos. "O ideal é coletá-los logo pela manhã ou em dias nublados e chuvosos, pois é quando eles saem de seus abrigos em maior número. A coleta deve sempre ser feita com luvas. Depois, é preciso colocá-los em sacolas plásticas com cal dentro e quebrar suas conchas, para que a água da chuva não fique dentro delas. Então, deve-se enterrar a sacola em um buraco fundo na terra, ou então, colocá-la junto com o lixo normal", explica Samuel.

Ele ressalta que os caramujos aparecem por causa da umidade e, por serem animais assexuados, se reproduzem rapidamente, sendo capaz de colocar cerca de 600 ovos por ano. Eles se alimentam de flores, folhas, frutas, hortaliças e até papelão, o que também facilita a sua proliferação.

Além de se alastrarem facilmente, os caramujos africanos podem ser prejudiciais para a agricultura e provocar doenças graves nos seres humanos, por meio de seu muco contaminado com os vermes Angiostrongylus costaricensis e Angiostrongylus cantonensis. O primeiro é responsável pela angiostrongilíase abdominal, que provoca fortes dores no abdome, febre, perda do apetite, vômitos, e outros sintomas, podendo até levar à morte. O outro verme causa a meningite eosinofílica, que quando instalada no sistema nervoso central, inflama as meninges - membrana que envolve o cérebro e a espinha –, e, também, pode levar à morte.

Portanto, o visitador sanitário do Centro de Controle de Zoonoses orienta os moradores que acharem os caramujos em suas residências para que - além de seguirem as orientações acima citadas - também mantenham os quintais, jardins e terrenos o mais limpo possível, sem folhas caídas no chão, com a grama aparada e sem entulhos.

SAÚDE

Saúde
Médicos nos Postos de Saúde

Horários:

Cardápio



GIA e SPED